• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Presidente da CUT-PB comemora 36 anos da central em âmbito nacional

A CUT Nacional completou 36 anos na quarta-feira última (28) e o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, lembrou que a maior central de trabalhadores da América Latina merece todas as comemorações.

Publicado: 29 Agosto, 2019 - 22h35 | Última modificação: 29 Agosto, 2019 - 22h39

Escrito por: Elara Leite

Divulgação
notice

A CUT Nacional completou 36 anos na quarta-feira última (28) e o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, lembrou que a maior central de trabalhadores da América Latina merece todas as comemorações. Na Paraíba, em julho, a CUT-PB comemorou, também 35 anos de lutas dos trabalhadores.

Paulo lembrou fatos marcantes da CUT, como a influência exercida para a eleição dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, que foram responsáveis pelas políticas públicas que mais beneficiaram a população carente do Brasil.

“Tenho orgulho de ter uma central que foi forjada durante a linha dura do regime militar, rompendo com as posturas autoritárias dos governos. Temos um sentimento de luta e de satisfação diante do que já realizamos. A Central continua sendo uma grande referência na América Latina e isso é o que marca”, comentou.

O presidente da CUT-PB também ressalta que a CUT formou grandes quadros no país afora, pessoas que se tornaram deputados, senadores, governadores, presidentes da república. Para Paulo, na Paraíba, a central também teve um papel de destaque muito importante para os trabalhadores e para a articulação dos movimentos para fazer a luta juntos.

“Vi a CUT nascer e crescer como trabalhador. No Estado, continuamos sendo uma referência e os trabalhadores e a sociedade têm essa visão. A Central Única dos Trabalhadores é um grande instrumento de luta e valorizamos muito isso”, finalizou.