• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

“O Vírus que Deixou o Brasil em Xeque” foi tema de live da CUT-PB

O evento online foi organizado pela CUT-PB como parte do calendário do “Dia Nacional de Luta”, na última quarta-feira (24)

Publicado: 30 Março, 2021 - 18h10

Escrito por: Ascom CUT-PB

Reprodução/Facebook
notice
CUT-PB realiza live no Dia Nacional de Luta

Como parte do calendário do “Dia Nacional de Luta”, a Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) promoveu, nesta quarta-feira (24), uma live para discutir a atual situação em que o Brasil se encontra em meio a uma das maiores crises sanitárias do país.

 A live  com  o tema  “O Vírus que Deixou o Brasil em Xeque” promoveu uma discussão sobre a importância das vacinas, a situação econômica e comportamental em meio à crise da Covid-19 e contou com a participação do presidente da CUT-PB, Tião Santos, que mediou a palestra  com os convidados, o sociólogo, Marcos Paulo Campos e a médica da Saúde da Família, Louise Tavares.

O sociólogo acredita que quando se fala sobre o contágio do coronavírus, deve-se falar em âmbito global, tendo em vista que a disseminação do vírus está diretamente ligada ao caráter econômico. “Pelo ponto de vista sociológico, o vírus,  como podemos ver,  começou a circular pelas mãos das elites. Devido aos processos múltiplos de contaminação ele chegou a diferentes classes sociais aqui no Brasil, e a drasticidade atinge cada classe econômica de forma diferente”, disse Marcos Paulo.

Já Louise Tavares falou sobre a sua vivência tendo contato direto na linha de frente no combate à Covid-19 e ressalta sobre a falta de leitos aqui na Paraíba para tratar pacientes infectados. Ela ainda ressalta a importância do Sistema Único da Saúde (SUS) no combate ao vírus. “Precisamos dar um respiro ao SUS, se ele já não aguentava antes com outras doenças, ele agora está a trancos e barrancos. Quando os hospitais privados lotam, eles mandam os pacientes para o SUS, então podemos afirmar que o nosso sistema único de saúde está sobrecarregado, precisamos dar um respiro a ele”, afirmou a médica.

Tendo em vista à discussão sobre diversos temas relacionados à pandemia, o presidente da CUT-PB,  Tião Santos,  acredita que a live  encerrou com chave de ouro  o Dia Nacional de Luta. “Foi fundamental para esclarecer à população sobre a importância de lutarmos diante do atual cenário em que se encontra o nosso país”, disse.

Além da live, também ocorreu um ato simbólico no Centro de Operação Administrativa dos Correios, em João Pessoa. A CUT-PB com apoio de outras centrais sindicais também colocou um carro de som em alguns municípios paraibanos com o objetivo de conscientizar a população. As cidades foram: Campina Grande, João Pessoa, Patos, Guarabira, Itabaiana e Cajazeiras.