• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Dia Nacional Fora Bolsonaro: CUT-PB participa com medidas sanitárias

A mobilização acontece neste sábado (29) em João Pessoa, Campina Grande e Patos

Publicado: 29 Maio, 2021 - 07h31

Escrito por: Ascom CUT-PB

Divulgação
notice
O ato presencial é importante para mostrar o inverso do que o governo Bolsonaro faz nas ruas.

Neste sábado (29), no Dia Nacional Povo na Rua Fora Bolsonaro, a Central Única dos Trabalhadores (CUT-PB) se integra às mobilizações organizadas pela Coordenação do movimento na Paraíba. Em João Pessoa haverá dois atos públicos, um será realizado de forma presencial no Parque da Lagoa e outro será uma carreata a partir das 09h com concentração na Praça da Independência.

Para o presidente da CUT-PB, Tião Santos, o ato presencial é importante para mostrar o inverso do que o governo Bolsonaro faz nas ruas. “As Centrais Sindicais têm o objetivo de mostrar que podemos fazer um ato respeitando os protocolos sanitários. Vamos ir na contramão do que Bolsonaro faz. Enquanto ele desdenha do vírus nós pedimos por vacina. Enquanto ele ameaça as instituições democráticas, nós pedimos por direitos”, afirmou.

Na Paraíba também haverá atos na cidade de Patos, com concentração a partir das 08h nos Correios e em Campina Grande na Praça da Bandeira, a partir das 09h.

É importante destacar que durante o ato serão obrigatórios o uso de máscara e o distanciamento social. Para manter a segurança sanitária, a Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares (RNMMP) elaborou um guia para manifestantes em tempos de Covid-19. Confira:

- Só comparecer a manifestações em locais abertos e bem ventilados, sem aglomeração;

- Distanciamento de dois metros entre os manifestantes deve ser mantido;

- Recomenda o uso de máscara PFF2/N95, bem ajustada no rosto, cobrindo nariz e boca, sem vazamentos. Uma alternativa, para quem não tem máscara desse modelo, é usar uma máscara cirúrgica simples, coberta por uma máscara de pano;

- A Rede sugere que os próprios organizadores disponibilizem máscaras adequadas para manifestantes que não as possuem;

- o deslocamento até o local do ato. A preferência é por transportes bem ventilados e o uso da máscara é indispensável no trajeto;

- não deve haver beijos e abraços. Objetos pessoais, alimentos e bebidas não devem ser compartilhados.