• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT-PB participa de ato contra intervenção da UFPB na nomeação de novo reitor

Será realizada uma caminhada, a partir das 16h, da Praça da Paz até a Universidade Federal da Paraíba.

Publicado: 18 Novembro, 2020 - 14h57

Escrito por: Ascom CUT

Rafael Passos
notice
O pretende reunir professores, servidores e alunos.

A Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) convida filiados e movimentos sindicais populares a comparecer, nesta quarta-feira (18), no ato em defesa à autonomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e contra a nomeação do reitor menos votado da lista tríplice. 

O ato acontece a partir das 16h na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, e pretende reunir professores, servidores e alunos para a realização de uma caminhada até a Reitoria, informando à população sobre o que está acontecendo. 

O presidente da CUT-PB, Tião Gomes, se solidariza com a  comunidade acadêmica e pede para que a sociedade possa apoiar o ato. “A Universidade foi brutalmente atacada pelo Governo Bolsonaro e suas medidas autoritárias. Precisamos fortalecer a luta em defesa da autonomia da instituição e dizer não à intervenção que concretizou a nomeação de Valdiney Gouveia. Ele não representa os interesses e princípios democráticos da universidade”, afirmou.

Ainda nesta quarta-feira (18) os docentes da UFPB paralisaram as atividades em protesto contra a nomeação de Valdiney. A decisão da paralisação foi do Sindicato dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (Adufpb) e foi aprovada na última sexta-feira (13). 

Ainda de acordo com Tião Gomes, é necessário que a classe trabalhadora defenda a luta pela universidade. “Entendemos que essa luta também é nossa, pois o poder emana do povo. Bolsonaro precisa  saber que ele não é dono da UFPB para ele nomear quem ele quiser, tem que respeitar os princípios democráticos. Vamos à luta e defender a nomeação da nossa reitora que foi escolhida por consulta pública, Terezinha Domiciano”, concluiu.