• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Coletivo de Mulheres da CUT define calendário para o dia 08 de Março e outras ações para 2019

Foram definidas as atividades alusivas ao 8 de Março, como também demais ações a serem realizadas pelo Coletivo em 2019

Publicado: 16 Janeiro, 2019 - 16h55

Escrito por: Ascom da CUT-PB

Ascom da CUT
notice
Mulheres reunidas para definir calendário de atividades

A Secretaria da Mulher Trabalhadora da CUT-PB realizou, nesta terça-feira(15 de janeiro), no mini auditório da CUT, a primeira reunião do ano com representações dos sindicatos, que formam o Coletivo de Mulheres para pensar as ações do 8 de Março e atualizar o Plano de Ação elaborado pela Secretaria Nacional de Mulheres. 
A Secretária de Mulheres, Luzenira Linhares, disse que mesmo reunindo um número reduzido de participantes em decorrência do mês, onde a maioria dos sindicatos e de mulheres ainda está de recesso ou férias, a reunião foi muito produtiva. “Iniciamos a reunião socializado o informe e os encaminhamentos da nossa reunião (virtual) do Coletivo Nacional realizada no dia 10 de dezembro, e em seguida à luz das orientações nacionais e da nossa realidade local foram definidas boas propostas,” ressaltou ela.
Para o Dia Internacional da Mulher, no âmbito da CUT e seus sindicatos, foi deliberada a realização, em parceria com as Secretarias de Comunicação e Formação, de um Seminário temático para debater a conjuntura pós-eleições com ênfase nas reformas trabalhista, que já retirou diretos e a previdenciária, que ainda está por vir. “Como proposta de tema ainda a ser construído e definido pensamos “Bolsonaro piora a vida das mulheres: como fazer o enfrentamento dos desmontes nas políticas públicas";, indicado para o dia 12 de março, em João Pessoa, e uma palestra sobre a análise crítica da mídia seguida de uma oficina sobre redes sociais, a ser realizada em Campina Grande, no dia 23 de março”, informou Luzenira.
O Coletivo de Mulheres da CUT também aprovou a criação de um bloco carnavalesco denominado “Elas vão passar” formado pelas mulheres da CUT para sair nos principais blocos do Projeto Folia de Rua “Esse bloco levará para a avenida nossas denúncias e bandeiras de lutas, de forma bem lúdicas com a intenção de dar visibilidade às nossas principais reivindicações”, explicou a Titular da pasta das Mulheres Trabalhadoras da CUT.
Ela acrescentou que no âmbito dos Movimentos de Mulheres, o Coletivo aprovou se integrar aos movimentos de Mulheres/Feminista e à agenda geral do 8 de Março, na construção do Ato Unitário, como já vem acontecendo nos últimos anos, “com a preocupação de contemplar os nossos eixos e também as bandeiras de lutas dos movimentos feministas”, enfatizou Luzenira. 
A Secretaria da Mulher Trabalhadora anunciou ainda as ações planejadas para o decorrer do ano em curso, com base nos eixos nacionais, a exemplo: retomar o plano de trabalho (trabalhar de forma regionalizada); construir uma agenda por temas, regionalizando as ações; realizar Seminários de relançamento da campanha "violência contra a mulher tolerância nenhuma"; a partir da orientação da SNMT; Seminário para debater o machismo no espaço sindical e outros temas; Marcha das Margaridas e Marcha das Mulheres do Polo da Borborema - Marcha pela Vida das Mulheres e pela AGROECOLOGIA que terão o nosso apoio.

carregando
carregando